Ouça agora na Rádio

N Notícia

MEC - Assessoria de Comunicação Social

FOTO: MEC - Assessoria de Comunicação Social

Divulgado o resultado da primeira chamada do processo seletivo do ProUni 2019

O Ministério da Educação divulgou nesta terça-feira, 6, o resultado da primeira chamada do processo seletivo do Programa Universidade para Todos (ProUni), referente ao primeiro semestre de 2019. A lista dos estudantes pré-selecionados já está disponível na página do programa na internet. Para garantir a bolsa, o estudante deve comparecer à instituição para a qual foi pré-selecionado e apresentar os documentos que comprovem as informações prestadas na ficha de inscrição. Esse processo deverá ser realizado até o dia 14 de fevereiro.

Esta edição do programa contou com 946.979 inscritos e 1.820.446 inscrições, já que cada candidato podia se inscrever em até dois cursos. O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições de educação superior privadas. De acordo com as regras do programa, as bolsas integrais são destinadas aos estudantes com renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Já as parciais contemplam os candidatos que têm renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

O processo seletivo é composto por duas chamadas e a segunda lista de pré-selecionados será divulgada no dia 20 de fevereiro. Para os candidatos pré-selecionados em segunda chamada, a entrega dos documentos comprobatórios das informações prestadas na inscrição ocorrerá entre os dias 20 e 27 de fevereiro.

Caso o candidato não seja pré-selecionado nas chamadas regulares, poderá manifestar interesse em participar da lista de espera entre os dias 7 e 8 de março, na página do ProUni. Todos os candidatos participantes da lista de espera terão que comparecer, entre os dias 12 e 13 de março, às respectivas instituições para apresentar a documentação para comprovação das informações.

Programa – Podem concorrer às bolsas do ProUni brasileiros sem diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2018, tendo obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas do Exame, além de nota na redação que não tenha sido zero.

O candidato ainda deve atender a pelo menos um dos requisitos a seguir: ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública, ou em instituição privada como bolsista integral, possuir alguma deficiência ou ser professor da rede pública.

Acesse a página do ProUni

Assessoria de Comunicação Social

FONTE: MEC - Assessoria de Comunicação Social
Link Notícia