Ouça agora na Rádio

N Notícia

FOTO:

Dia de Campo de Silagem: qualidade e melhores resultados no alimento do rebanho

Aumento na produção de silagem

A preocupação em produzir alimento volumoso para os rebanhos, particularmente no período seco do ano e de entressafra, quando as pastagens naturais tornam-se cada vez mais precárias, tem aumentado a utilização da silagem, especialmente entre os pecuaristas que se dedicam à produção de leite. Embora existam várias plantas forrageiras, anuais e perenes, que servem para a produção de silagem, o milho é uma das culturas mais utilizadas neste processo no Brasil por apresentar um bom rendimento de matéria verde, de excelente qualidade de fermentação e manutenção do valor  nutritivo da massa ensilada. Pensando nisto, a Família de Luiz Carlos Gomes, residente na comunidade do Araçá realizou em parceria com a Empresa Biomatrix Dia de Campo em silagem.

 A produção de silagem de milho de boa qualidade varia de ano para ano em função de uma série de condições, tais como a escolha da cultivar, as condições de clima e solo  e o manejo cultural. “Durante a demonstração foram utilizadas materiais B3066, material específico para silagem. Pela demonstração feita, o produto utilizado é bastante positivo, se sobressaiu dos demais para a produção da silagem. É importante lembrar que não importa somente o visual da planta, mas também o que tem em seu interior que são vitaminas, proteínas, entre outras substâncias necessárias para um bom resultado na produção do leite.

A época de colheita da lavoura para a silagem ou o ponto ideal de colheita para a produção de silagem é considerado um dos principais gargalos na produção de silagem. É muito frequente situações desfavoráveis de produção de silagem de milho devido a antecipação do momento ideal para a colheita quando a planta ainda não apresenta teor de matéria seca desejado e os grãos ainda não acumularam quantidade suficiente de amido. Quando o milho para silagem é colhido antes de completar seu ciclo, isto é, antes do milho atingir sua maturidade fisiológica, a data da colheita afeta a produção de massa seca total e a composição relativa das diferentes partes da planta, principalmente a percentagem de grãos na massa seca total. O corte antecipado do milho para silagem resulta em perdas significativas na produção total de matéria seca e na percentagem de grãos na planta e também será menor a qualidade da silagem.

Luiz Carlos agradeceu os participantes. “Agradecer a empresa Biomatrix pela parceria, aos agricultores que participaram, a Epagri e ao representante da Secretaria de Agricultura de Abelardo Carlos de Sennes Pinto que estiveram no local”.

 

FONTE: Jornal O Falcão
Link Notícia